quarta-feira, 7 de outubro de 2009

voce ja tomou seus remédios hoje?


bom dia.
cara, hoje vou falar de uma coisa que discutimos na terapia de ontem. Ah, esqueci de falar que eu voltei pra Cliama, mas só duas vezes por semana. Ontem conheci minha nova psicologa e simpatizei bastante com ela.
Ontem no começo do dia falamos sobre preconceito. O preconceito que passamos por tomar remédios, por frequentar psicologos, psiquiatras, enfim... Isso me dói muito né? ja falei pra voces.
De tarde a terapia foi tensa. um internado lá gritou com a Tati, eu nao gostei. ele é policial e saiu batendo a porta da sala. Falamos não sei da onde surgiu, que as pessoas que conhecem gente como nós, costumam falar assim, quando a gente tem uma reaçao bruta ou muito dócil: VOCE JA TOMOU SEUS REMÉDIOS HOJE?
meu irmao doido véi... Caramba isso acaba conosco.
As pessoas podem ter um dia de furia. Nós nao né? Se acontece é porque nao tomamos nossos remédios. Sinceramente? vão a merda!
Outra coisa que ta me matando é as pessoas nao acreditarem que eu sofro ate hoje pelo assédio moral que eu tive na Caixa. Acham que é subterfúgio pra nao querer mais trabalhar. Só quem passa por um assédio moral sabe as cicatrizes que ele nos deixa.
bom só isso. hj nao to muito afim de papo.

E NADA A DECLARAR...

2 comentários:

BODE COM FARINHA disse...

Muit lindo e significativo teu post. Me fez pensar. Obrigado por você existir.

Segredos públicos disse...

Puxa, isso é verdade... eu odeio isso. Odeio quando me fazem essa clássica pergunta: você já tomou seus remédios hoje??? puta que pariu, até parece que eu sou a Magda do sai de baixo, que se comesse banana falava mais idiotices...
Toda vez que eu me empolgo com alguma coisa, e tenho uma reação mais incomum, e toda vez que eu choro também... isso acaba comigo...
Eu sempre tento conter minhas emoções, limitar minhas ações para que ninguém faça esse tipo de pergunta, ou sequer pense em fazê-la... mas não dá: eu preciso ser eu mesma, os outros que pensem o que quiserem!!!