sábado, 4 de abril de 2009

CID-1O


me perguntaram qual doença eu tenho. Engraçado, me perguntaram tres vezes isso nesta semana.
eu estou deixando para contar no meu livro. Desde quando tudo começou, ate a noite de quinta feira em que numa crise eu comecei a me ferir por sentir muita raiva de mim, e acabei ficando internada na clinica.
Meu estado geral, é bom, diriam os médicos. Sempre quis ser medica. Ainda quero. Estudo medicina com muito afinco. tenho livros e mais livros. Nao sei se tenho mais livros de medicina ou de direito. Pois me acho na obrigaçao de saber de ambos. Sei mais de farmacologia do que meus psiquiatras. Medico minhas amigas, minha avó, conhecidos.
Mas antes admirava médicos. Hoje os odeio. Se acham seres superiores a nós. e nao são. Se nao fossem os engenheiros onde morariamos? E por acaso eles se sentem superiores a nós?
Eu realmente luto contra meu cerebro. Pesquisas cientificas ja confirmaram que nao temos vontade propria. por exemplo: se eu te mostrar uma carta azul e vermelha e mando escolher uma, se cerebro emite ordens instantaneas para que voce escolha a cor que ele deseja antes mesmo de voce pensar.
Eu luto pelo equilibrio. para nao perder o controle diante de uma descarga quimica, ou disfunçao quimica que surje do nada.
Mas acho que minha maior batalha é contra o preconceito. "ta vendo aquela ali? nao mexe com ela nao que ela é doida", "me dá um daqueles remedios que voce toma pra eu ficar doidao?", "é melhor nao ter nada com ela...depois vai que ela tenta se matar?", "ah, mas voce toma tarja preta...", "e ai? qual foi a ultima que voce aprontou?", "la vem voce fazer drama pra chamar atençao...", "qual doença voce vai inventar dessa vez?", "hunf, isso é frecura. se ela quisesse tava normal. tem tanta gente passando fome, necessidade..."
ISSO É QUE MATA UM PACIENTE PSIQUIATRICO!
Eu tenho personalidade boderlaine, e um dos principais sintomas é o grande medo de perder os amigos, as pessoas que estão próximas. Mas no fim, é sempre o que acontece.
Ouço vozes, mas sou médium. Para os psiquiatras sou esquisofrenica, e tomo antipsicoticos. Sabem o que sao antipsicoticos? camisas de força mentais.
Tenho TDAH, ou DDA com muito orgulho. é genético. meu pai tem. eu tenho. meu filho tem.

"Geralmente o indivíduo que tem DDA apresenta Q.I elevado, porém devido ao seu comportamento muitas vezes tem sua performance afetada." site do terra.
"DDA não é doença é só um déficit. Um seujeito com DDA não é um surtado, ou um retardado mental , muito ao contrário, é uma pessoa inteligente, com um cérebro acelerado com um QI acima da média, pois DDA é evolução humana.
"http://www.midiaindependente.org/pt/blue/2006/01/342936.shtml

Ai vai uma lista de pessoas que posuiam ou possuem DDA:
Alexander Graham Bell - Inventor do telefone
Beethoven (1770-1827) – compositor
Jim Carrey – ator
Cher – atriz/cantora
Bill Cosby - ator
Tom Cruise - ator
Salvador Dali – pintor
Leonardo da Vinci -inventor/artista plástico
Walt Disney - (um editor de jornal o demitiu porque ele não tinha boas idéias)
Kirk Douglas - ator

Thomas Edison -(suas professoras disseram que ele era tão estúpido
que não seria capaz de aprender nada)
Albert Einstein -(só falou com 4 anos e só leu com 7 anos)
Galileo (Galilei) - (1564-1642) – matemático/astrônomo
Danny Glover – ator
Whoopi Goldberg – atriz
Ernest Hemingway – escritor
Dustin Hoffman – ator
Magic Johnson – jogador de basquete
Micheal Jordan – jogador de basquete
John Lennon - (1940-1980) – compositor
Abraham Lincoln - (1809-1865) – presidente dos EUA
Wolfgang Amadeus Mozart - (1756-1791) – músico
Napoleon Bonaparte - (1769-1873) – imperador
Issac Newton - (1642-1727) – cientista e matemático
Nostradamus - (1503-1566) – físico e profeta
Pablo Picasso - (1882-1973) – artista plástico
August Rodin - (1840-1917) – artista plástico/escultor
Socrates – filósofo
Steven Spielberg - diretor de cinema
Leo Tolstoy – escritor
Van Gogh – artista plástico

Da ultima vez que fiz um teste de QI, acho que deu 135 ou 138. mas nao importa. Passaremos pra proxima fase: a ANOREXIA. acho que vou deixar um proximo post só para falar sobre essa doença que quase me matou. Eu vejo amigas tomando remedios pra emagrecer, e me lembro que ja fui uma viciada em anfetaminas. e que elas nada adiantam. Isso sim, é uma luta diaria. Comer é um grande sacrificio que eu faço em nome da minha vida. e há mais de dois anos eu nao sei o que é ver o numero 50 na balança. mas ja cheguei a 39. e fui internada. voces nao tem ideia do que é ter a visao distorcida do corpo, e tentar e chorar, implorar para tentar ter fome. sem comida seu corpo nao funciona. se nao funciona...

Pra finalizar, meu SPECT, detectou SINDROME DE DEPRESSAO. essa danada, é o cão. ela te joga na parede, te pisa, te anula, te tira a vida. Os remedios as vezes nao seguram a onda, quando ela vem cronica. nem psicologo nenhum do mundo. é deitar e esperar passar. apenas resistindo a imensa vontade que seus neuronios te enviam pra que vc se suicide.

ME CONTARAM QUE EU ERA UMA GAROTINHA FRAGIL E SENSIVEL, MAS EU SEMPRE DUVIDEI!

4 comentários:

Anônimo disse...

Oi Fernanda,cheguei ao seu blog por causa do meu filho, 27 anos , medico formado, inteligente,engraçado, meigo e q de uns anos prá cá esta sendo tratado com depressão e possivelmente a personalidade bordeline oq ainda n pode ser confirnado a n ser que ele pare de beber por um ano segundo os médicos dele.nesse momento ele esta internado (precisei chamar a policia,ai)depois de um acesso de fúria em q ele quase destruiu completamente o meu apartamento.
Bom, sei que é chato ficar perguntando, mas eu assim como vc não gosto dos médicos dele(q nunca estão presentes, quando ele mais precisa deles)e por isso blogueira que sou, em vez de procurar textos médicos, procuro textos com depoimentos de pessoas com esse transtorno, por isso vou te visitar sempre, e ler o seu blog,gosto da forma como vc escreve, espero que n se importe com a minha intromissão.eu moro em são paulo e estou muito, muito triste com essa doença dele, pois ele estava construindo um futuro brilhante e com tudo prá ser plenamente feliz. enfim...
um beijo grande,viu?
continua se cuidando pq sempre vale a pena tentar ser feliz
outro beijo
regina

rehenriques@terra.com.br

Vivian Fernanda ou Fefeia disse...

Regina, espero que meu proximo post te ajude!

Sheila Rosskamp disse...

Olá Fernanda, sou psicóloga e tenho um blog sobre TDAH, que parece ser mais o seu caso, e não DDA.
O nome do meu blog é:
http://sheilarosskamp.wordpress.com
Um grande abraço!!!
Sheila

Marcelo disse...

Na psiquiatria as doenças são inventadas. Não existe nenhum teste para detectar doenças mentais. Os psiquiatras agem na base do achismo.
Vamos tentar esse tipo de remédio, é o que a maioria diz!!!
Também não existem curas na psiquiatria.
Até hoje não se sabe quase nada sobre o cérebro humano, mas os psiquiatras agem como se fossem autoridades no assunto.
Pra saber mais sobre o assunto entre nesse endereço:
http://www.youtube.com/watch?v=c1NF7x-yfuc

Um abraço.