quinta-feira, 3 de março de 2011

Ser prostituta? Até o mastercard paga!

Bom dia leitores. sentiram minha falta? eu ia escrever sobre o carnaval, ja que vou ser guia da excursao e muito trabalho pela frente para que todos da REPUBLICA TARJA PRETA se divirtam. Mas ontem lendo uma matéria, resolvi mudar o foco do assunto.
Morreu a ex-socialite CAROLA EXCARPA, Ana Carolina Oliveira, filha de um diretor de TV, sobrinha do BONI e prima do BONINHO, ex-mulher do playboy CHIQUINHO SCARPA. Morreu de diabetes mais anorexia. dizem... dizem que ela estava pesando 42 kls quando morreu. mas dizem tambem que ela tinha 1,50m. bom eu tenho 1,70, quando estava mais doente de anorexia e cheguei a ser internada, pesava 39,0kls. na mesma epoca morreu uma modelo pesando 42 kls por anorexia. minha familia vivia em prantos. eu só sai do hospital com 43 kls. 4 anos necessarios para eu chegar aos 50 kls tao sonhados. mas como minha anorexia é nervosa, e nao estetica, qualquer tristeza me faz perder 2 ou 3 kls em um dia.
Voltando: MÓRREU! o que me fez parar pra pensar, foi uma reportagem, onde uma pessoa descrevia a vida dela desde a infancia (+40 anos), dizia, que ela era de uma familia abastada, parentes tao poderosos e tao proximos (1º grau) e o final da vida dela foi morando numa casinha com a mae em Natal, e sendo garota de programa.
puts. ela deu entrevistas dizendo que passava fome, e que no dia anterior fez um programa por 200 reais. Falou ainda numa entrevista para TV sobre turismo sexual, que preferia homens velhos e ricos.
ME PARTE O CORAÇAO SABIA? NESSE BLOG O ESCRITOR QUE A CONHECIA, TANTO COMO SUA FAMILIA, SE PERGUNTA: AONDE, EM QUE MOMENTO, A VIDA DESSA MOÇA DEU ERRADO PARA QUE VIRASSE DE PONTA CABEÇA?
Eu comecei a relembrar fatos dolorosos, mas que eu desabafei aqui, quando me chamaram para trabalhar como modelo em sao paulo e eu descobri o que era a "ficha rosa". lembram deste post? QUAL SEU PROGRAMA FAVORITO, é esse o post. 2009, ou 2008 acho.
Eu, universitaria de uma das melhores faculdades publicas do país, falando tres idiomas na epoca, concursada, e aprovada em outros 4 concursos, fazendo recursos de provas de graça para meus colegas concursandos, pois nao via tal trabalho como forma de ganhar dinheiro, era apenas um favor.
Fazia parte do casting da scountig e da mega. Mas nao gostava dessa coisa de ser modelo. era muito futil. Só que naquele momento, eu precisava de dinheiro. Me ofereceram uma boa proposta para ir a SP. eu fui. e descobri que ganharia 450 reais para sair com um "cliente". ou 1000 reais por dia para ir passar um fim de semana numa casa estilo, das coelhinhas da playboy americana, onde empresarios estariam lá, e eu poderia fazer o que eu quisesse, ficar ou nao, em troca do dinheiro, joias e presentes...
o resto da historia esta escrito no blog. mandei um email implorando pro meu psicologo me buscar em SP de tao chocada que estava. tive que trabalhar muito esse fato. conversava bastante com minha avó, e ela dizia que garotas bonitas e inteligentes como eu, eram o foco desse tipo de pessoas. ate o dia que a chamei pra ler uma proposta enviada pra mim, por uma pessoa que nao posso dizer o nome, e mais tarde fiquei sabendo de modelos, atrizes globais, apresentadoras, que trabalhavam pra ele. Esse homem era extremamente influente, e todos e todas queriam trabalhar com ele. Ele me enviou uma proposta onde eu pegaria o aviao sexta a noite, sabado iria ter uma festa numa da alta sociedade politica e um diplomata de um certo pais europeu, gostaria que eu o acompanhasse durante o sabado inteiro, almoçasse com ele, o levasse em museus, e a noite lhe fosse compania na tal festa. obvio, que meu voo de volta era domingo de manha, pois meu trabalho terminava depois da festa... iria receber $3.500 dolares. eu chorei no colo da minha avó e falando com meu psicologo no telefone. apenas a proposta ja me fazia sentir uma prostituta. EU? MUITO BEM CRIADA EM UMA FAMILIA DE VALORES, MAE DEDICADA, IRMA DE DELEGADO FEDERAL,FILHA DE PAI PhD RECONHECIDO EM LONDRES??? meu deus!!! aquilo nao podia estar acontecendo!! foda-se o dinheiro que eu precisava, foda-se o valor que me ofereceram, foda-se se era diplomata da casa do caralho. Até que eu entrei em contato com esse "empresario" e depois de descobrir tantas famosas que trabalhavam pra ele perguntei: POR QUE EU??? MORO EM BRASILIA, NEM EM SAO PAULO??? VOCE SÓ ME VIU EM REDE SOCIAIS E FOTOS??? POR QUE EU???? ele calmamente respondeu que eu tinha classe, postura de uma moça respeitavel, era extremamente educada, culta, e discreta. Ele nao queria essas modelos, dançarinas e atrizes. o tal diplomata queria uma "namorada" e nao uma puta. Comecei a chorar e disse: POIS É, EU NAO SOU UMA PUTA. E NAO SEI EM QUE MOMENTO VOCE PENSOU QUE EU PODERIA VIR A SER. EU ESTOU MUITO OFENDIDA. RESPEITO É UMA GRANDE VIRTUDE, E EU RESPEITO PARA SER RESPEITADA. a reaçao dele me surpreendeu. ele pediu mil desculpas. disse que estava envergonhado, e gostaria de se retratar. que agiu de conduta precipitada, mas infelizmente 9 em cada 10 garotas que ele conhecia, mesmo atraves da internet, topariam esses "trabalhos". muitas pagam faculdade, moradia, carro, comida, fazendo esse tipo de programa, em outro estado. mas eu nao era igual as outras, e pela primeira vez em 20 anos, ele conheceu uma mulher como eu. de carater inconrruptivel.
NAQUELE MOMENTO DA MINHA VIDA, EU PODERIA TER TOMADO UMA DECISAO QUE DESMONTARIA O QUE EU CONSTRUI ATE HOJE. ONDE ESTA CAROLA ERROU?
achei deprimente uma figura publica, ex-condessa, morrer fazendo programa (e por 200 reais, ahuahuaha).
minha vida nao é facil. minha saude fisica pode ficar debilitada por causa das minhas condiçoes emocionais. é um fato. ter crises de choro, sonhar em encontrar um cara que me ame como eu sou, ser boa mae, estudar e querer ser uma psicologa clinica renomada... eu tenho amigos muito ricos, mas estou mais feliz com os mais simples, que sao muito muito simples financeiramente, mas me divertem e me tratam com muito carinho. coisas que o dinheiro nao compra. nao me visto na moda. tenho meu jeito... unico de me vestir, como me disse um ex-namorado: vc nao é patricinha, nao é esportista, nao é hippye, vc é a Fefeia que eu amo. e linda.
Desculpem, mas nao tem dinheiro ou presentes que apaguem essas lembranças. ja dinheiro e presentes...acabam. são efemeros.
Eu acho que essa Carola, deve ter sofrido muito. Ela tinha um filho. Queria ter status de novo. Mas nenhum dinheiro do mundo, apagaria as coisas que ela ja fez pra alcançar isso. E nem vale a pena.
EU SEI QUE MEU NOME É VIVIAN, MAS QUE EU NAO TENHO NADA DA PERSONAGEM DO FILME "UMA LINDA MULHER", EU NUNCA DUVIDEI.





2 comentários:

July Mariani disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Eduardo Rico disse...

Mais um texto fantástico. Fazia tempo que eu não passava por aqui.
Lamento sua experiência, mas não ser prostituto em qualquer setor está se tornando cada vez mais difícil.