quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

explicando os atos que nao sao meus


bom, vamos direto ao que interessa: eu tive um surto. e nao foi pequeno, fez estragos, e claro: eu só me lembro porque me falaram ou eu deixei escrito pra ver o que eu fiz.
Muita gente chega aqui atraves das palavrinhas "Boderline" ou "Histrionica".
há tempos que eu estava evitando o assunto, e mesmo me desligando. mas esta blogueira nao pode fugir de algo nato. e pedir desculpas é muito facil. se arrepender? te garanto que eu, e qualquer outro que tenha Transtorno de Personalidade Boderline ou "Limitrofe", se arrependem. Histronica eu nao sei. mas dizem que é muito comum uma estar ligada à outra.
Como eu ja disse, é genetico, mas costuma se manifestar aos 20 anos em frente. não é como o DDA que eu tomo a ritalina e meu dia é normal, igual a todos, porque eu nao tenho deficit de atençao, nem fico hiperativa. um pouquinho mais inteligente, talvez. rs. brincadeira. é uma disfunçao nas sinapses, é HEREDITÁRIA nao maioria dos casos. na minha familia, eu herdei nao somente a cor de pele morena, e o tipo sanguineo, mas o DDA. e passei todas pro meu filho. ja minhas irmãs sao muito brancas, tipo sanguineo da nossa mae e sao inteligentes por natureza, rs. fora isso, sou o clone da minha mae. é fato e notório. Boderline é patologico. uma pré disposiçao genética, que é "acionada" geralmente por fatos traumatizantes durante a infancia. infancia até uns 5 ou 6 anos, tá? eu acredito que achei "meu ponto de gatilho" quando eu tinha 5 anos. mas mantive "no porão" durante a adolescencia, pelos memos fatores que desencadearam esse transtorno que tem pré disposiçao genética (tipo, minha mae se neurótica e meu pai narcisista. to só dando exemplos de outros transtornos). pode nunca acontecer. pode acontecer na fase adulta, mais comum.
tá. voces me perguntam muito "como lidar", como "conviver", e etc. realmente de todos os transtorno de personalidade e até de qualquer doença do CID 10. 60, é a mais devastadora, e dificil tratamento, beirando a impossibilidade de cura. mas mantendo estavel e com qualidade de vida, se bem medicado e com terapia continua.
no meu caso a minha querida Empregadora nao quer mais cobrir atendimento psicologico, mesmo levando tres laudos: psiquiatrico, clinico e neurologico. na hora que o cidadão comete suicidio, com exito, a culpa é dele mesmo, porque ninguem tem que arcar com uma doença sem cura e patologica, e o coitado que esta no umbral, que se vire nos 30 para não diminuir o numero da populaçao! Eu que o diga...
entao a grande caracterisca que acomete 2% da populaçao é a agressividade e o medo do abandono. havendo comorbidades, pode ja pegar a ficha pra fila do Umbral. O que é pior pra mim? nao lembrar dos atos de agressividade. porque desculpas e justificativas nao cobrem os que fizemos. é horrivel escultar de alguem que voce ama: to chateado, to com raiva, nao quero mais papo com voce, porque voce me tratou assim, agiu assado, e fez  isso! nossa, dói. é nessas horas que entra o psicologo, acrescenta um S.O.S. na medicaçao, e no meu caso, se apega na fé e nos seus conhecimentos psicologicos e psiquiatricos pra nao ser a próxima senha. Voce ouve: a flexa lançada e a palavra dita, não tem como voltar. é nao tem mesmo.
Quem quer conviver com esse tipo de pessoa? Só os laboratórios de medicaçao!
but, há um porém... estaveis, e muito tempo estaveis, somos adoraveis. a bondade em pessoa. o ser-humano mais meigo, autruista, e engraçado. somos mesmo. que Deus nos conservem bons meses assim. porque o surto nao dura mais que dois dias, mas ressalto: as consequencias são e ficam nas pessoas que estavam por perto, pelo resto da vida, meu caro amigo. ta pensando que pedir perdao de joelho em cima do milho, ou ocupar uma vaga na UTI vai fazer o infeliz que estava por perto esquecer o que voce, alias, seu outro voce, aprontou? necas. brigas, xingamentos, grosserias, ameaças, e coisas muito piores que deixam uma imagem totalmente distorcida de voce, forever. basta uma unica vez! a pessoa mais amada do mundo e das formiguinhas, menos da menina do canada, agora, é um perigo para a sociedade e a integridade fisica e moral das pessoas que mais queremos bem.
é foda? é... tem como evitar? nao... mas pode passar muito tempo sem um surto, ou enfiar uma faca na mao, como eu fiz e minha cicatriz nao me deixa esconder, para descontar em si e nao nos outros. te garanto que dói pra carvalho, viu. É PRA ENFIAR A FACA NA MAO, SEU JEGUE, NAO É PRA TENTAR SE MATAR! até porque, te garanto que dar uns pontinhos é bem melhor do que 4 dias na UTI.
Agora eu respondo a pergunta que nao quer calar: O QUE EU FAÇO NESSA HORA? (voce que tá de fora, sofrendo se ama, assustado se apenas gosta). POR MAIS DIFICIL QUE SEJA, E PARA O BEM DO SEU RELACIONAMENTO E DA IMAGEM QUE VOCE TEM PELO SURTADO: DEIXE. DEIXE-O SOZINHO. O MAXIMO QUE VAI ACONTECER É ELE METER A FACA NA MAO. MAS POR GARANTIA, TRANQUE AS JANELAS, ESCONDA QUALQUER TIPO DE COISA QUE PODE LEVAR O DOIDO A TENTAR ENTRAR NO UMBRAL.
se voce tem um amigo(a), e gosta muito dele(a), ignore. ignore se ele te escrever, alias nem leia, porque o surtado(a) vai pegar pesado. nao lhe ajude a fazer uma merda: nao de bebida alcoolica e se ele beber, fuja. saia rapidin de perto, ou voce sera a próxima vitima. se entrar numa crise de choro, ai sim, acolha, de carinho, simplesmente abrace, mas nao teenta falar nem de formiguinhas, que o surtado tem 101% de chance de perder voce como amigo ou amor da vida deste azarento.
nao se desespere, e tente ligar pro psiquiatra, ou SAMU, mas as vezes vale a pena ligar pro psicologo SE ELE TIVER UMA EXCELENTE RELAÇAO COM O DITO CUJO, caso contrario, voce esta alimento o bichinho que ta dentro da cabeça do seu amado Boderline! coisa linda! nos somos pessoas de muito carater, convicçoes e valores morais. só que as vezes,assim de vez  quando... a gente vira uma mistura de Hulk e tazmania!
conselho de uma boderline que esta há meses estabilizada e teve um surto por causa de um concurso: IGNOREM! por favor, nos ignorem. responda numa boa, mas se tentarmos se aproximar, inventem uma desculpa CONVINCENTE, por favor, nao desprezem nossa inteligencia. tirem qualquer tipo de objeto que possa colaborar com um velório, e... simplesmente me abraçe...(se eu ficar louco, subitamente se afaste...)
Uma dica: um bom filme é GAROTA INTERROMPIDA. dá uma boa idéia do quanto sofremos, por pagar o preço de machucar ou perder quem amamos!
assim, eu saio de cena, e deixo um pedido de desculpas, à todos que eu atingi, neste surto. não vai resolver muita coisa, mas pelo menos voces tem idéia, que sofremos tambem!


Sutilmente
Skank

E quando eu estiver triste
Simplesmente me abrace
Quando eu estiver louco
Subitamente se afaste
Quando eu estiver fogo
Suavemente se encaixe

E quando eu estiver triste
Simplesmente me abrace
E quando eu estiver louco
Subitamente se afaste
E quando eu estiver bobo
Sutilmente disfarce
Mas quando eu estiver morto
Suplico que não me mate, não
Dentro de ti, dentro de ti

5 comentários:

caixoteiro disse...

Tarja preta, se eu te pegar bebendo de novo você vai ver!

Vivian Fernanda ou Fefeia disse...

que tarja preta? a republica?

Janaina disse...

Oi Vivian,
estou dentro de um relacionamento que tem sido caracterizado como uma verdadeira montanha russa, momentos ótimos e momentos terríveis. No início desconfiei de que a pessoa fosse bipolar, mas fazendo uma análise mais profunda cheguei a conclusão de que ele é borderline, embra nunca tenha sido diagnosticado. As características são marcantes, ele possui exatamente todas as caracteristicas de uma pessoa borderline. Estamos juntos a uns 14 mese, e durante esse tempo tenho feito de tudo para nosso relacionamento dar certo, mas com ele vivo como se estivesse sempre pisando em ovos, está tudo ótimo, porem ao menor deslise, derrepente tudo vira um terror. Amo ele de verdade, mas e ele, me ama de verdade, ou está comigo pelas coisas que faço por ele (tudo). Depois que percebi o problema, peguei um material na internet sobre o assunto, entreguei para ele ler. Ele estava em um dos momento característicos do problema, de total descontrole da raiva. Deixe o material sobre o assunto com ele e fui embora, mas antes de ir deixei claro que se ele precisar estarei sempre do lado dele, e que é só me ligar que eu vou até ele, que se ele não me ligar é porque ele não me quer mais do lado dele. Bom, isso aconteceu ontem de noite. E espero sinceramente que ele pense a respeito do assunto. O que vc acha de tudo isso?
Obrigada
Jany

Janaina disse...

Oi Vivian,
estou dentro de um relacionamento que tem sido caracterizado como uma verdadeira montanha russa, momentos ótimos e momentos terríveis. No início desconfiei de que a pessoa fosse bipolar, mas fazendo uma análise mais profunda cheguei a conclusão de que ele é borderline, embra nunca tenha sido diagnosticado. As características são marcantes, ele possui exatamente todas as caracteristicas de uma pessoa borderline. Estamos juntos a uns 14 mese, e durante esse tempo tenho feito de tudo para nosso relacionamento dar certo, mas com ele vivo como se estivesse sempre pisando em ovos, está tudo ótimo, porem ao menor deslise, derrepente tudo vira um terror. Amo ele de verdade, mas e ele, me ama de verdade, ou está comigo pelas coisas que faço por ele (tudo). Depois que percebi o problema, peguei um material na internet sobre o assunto, entreguei para ele ler. Ele estava em um dos momento característicos do problema, de total descontrole da raiva. Deixe o material sobre o assunto com ele e fui embora, mas antes de ir deixei claro que se ele precisar estarei sempre do lado dele, e que é só me ligar que eu vou até ele, que se ele não me ligar é porque ele não me quer mais do lado dele. Bom, isso aconteceu ontem de noite. E espero sinceramente que ele pense a respeito do assunto. O que vc acha de tudo isso?
Obrigada
Jany

Vivian Fernanda ou Fefeia disse...

Janaina, tudo bem? não, né...
Olha, vou te responder em um tópico novo, no começo do blog, ok? li, e pensei muito antes de te responder. aguarde e acompanhe o inicio. abraços, Deus te ilumine.